quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Fale com ela

Que saco! Que vontade de te falar... Ensaiei três vezes... Mas não tive coragem.

Fui, desfui, fui de novo e retornei.

Ah meu! Não quero parecer chato. Quantas graças você não deve ouvir por dia, ou não, sei lá. Não queria dizer graça alguma, só queria te dizer que a menina do filme que vi hoje parecia muito com você! Só isso. Mas ia parecer cantada barata. Não queria que parecesse com nada. Só queria que você acreditasse nisso.

Mas nem sei se acredito em mim também.

Po! Foi muita coincidência, eu vi o filme lembrei de você, de repente você aparece assim do nada, há tempos que não aparece por aqui.

Queria um dia pelo menos ocupar dez minutos do seu tempo, queria ouvir suas idéias, queria ouvir o que tem a dizer. Mas nunca rolou.

“Por que a gente é desse jeito? Criando conceito pra tudo que restou”. Já dizia o Anitelli.

É tanta coisa! Tanto medo. Tanto “não querer ser chato” que me torno um chato de marca maior.

Prometo que vou melhorar, vou falar contigo, quando menos esperar e espero que quando mais precisar, quero chegar na hora certa, na hora agá.

Vai ser assim:
-Oi! Ocupada?
-Por acaso você já viu “Fale com Ela” Do Almodóvar?
-Não? Eu assisti esses dias, e a mocinha principal, me fez lembrar muito de você e de repente te vejo aqui, como há tempos não via. Coincidência não?...

Espero não decepcionar, comigo nem contigo. Por enquanto vou ficando por aqui, só escrevendo, qualquer dia digo pessoalmente.

Beijos...

Tchau.


12 comentários:

  1. tava reparando na foto de teu perfil aqui no blog, mudo ua foto néh?!
    Eu era curiosa pra saber como era o cara atrás daquele buddy poker :P:P

    =**

    ResponderExcluir
  2. tente dizer
    "esses dias vi uma filme da silvasaint e me lembrei de vc..."

    ResponderExcluir
  3. A gente tem umas 'descoragens' que chega a dar raiva dá genet mesmo.
    Mas qndo ousamos falar o que queriamos, ainda que não dÊ em nada, só o fato de termso tido coragem já dá um up. Não que eu nunca tenha pensado "pq não fikei quieta!!!!">nossa, quantas vezes!
    Mas, ousar é preciso...
    Eu acho que somos muito cheio de amarras....com medos tolos...
    Mas eu sempre achei muito triste dificultar e preferia pensar que tudo era possível...saudades da época eu queria ficar com alguém e descobria o numero da pessoa, ai ligava e bati-papo despretensioso...hoje, parece que tenho um medo infundado.kkkk.....o ser humano é complica, né.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Coragem, companheiro! Só consegue quem arrisca.

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  5. Aí que bonitinho!!!
    Diga sim,ela vai gostar de saber.

    ResponderExcluir
  6. Trilha oferecida pela guria intrometida nos romances alheios, para o post do Dr. House :

    ♪ "Nós somos
    medo e desejo
    somos feitos
    de silêncio e som

    ("Ssssshhhhhhhuuuuuu!" Colocando o indicador em frente aos lábios)

    tem certas coisas
    que eu não sei dizer..." ♫

    Beijos de quarta.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  7. Por nada,obrigada vc por se importar...rsrs

    ResponderExcluir
  8. Diz sim...
    Se pudesse deixar algum presente a você
    deixaria aceso o sentimento de amar
    a vida dos seres humanos
    A consciência de aprender tudo
    o que foi ensinado pelo tempo afora
    Lembraria os erros que foram cometidos
    para que não mais se repetissem
    A capacidade de escolher novos rumos
    Deixaria para você se pudesse o respeito àquilo que é indispensável. Alem do pão o trabalho.Além do trabalho ação.
    E, quando tudo mais faltasse um segredo
    o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída"


    Beijos meus

    ResponderExcluir
  9. Diz, moço, fale com ela.
    Sem pensar muito. Sem se preocupar com o momento ou se ela vai te achar chato. (se ela achar, azar o dela...)
    Não perca tempo!

    ResponderExcluir
  10. N entende é?Eu tbm n,so sinto.
    Mesmo sem querer sentir.

    ResponderExcluir
  11. Diz sim...sai correndo chega lá e fala.

    ResponderExcluir