quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

A Lua e Eu...

Desde pequeno a Lua me chama a atenção...

Acho que fui influenciado pelo meu pai. Ele, nascido no sertão nordestino, onde as pessoas percebem a natureza de forma diferente... Ou melhor, lá eles percebem, aqui quase não se vê essa tal natureza. Meu pai sempre me chamou pra ver a Lua em todas as suas fases. Explicava-me sobre suas faces... Suas cores... Suas datas (nunca gravei muito bem) Mas sempre amei ficar no quintal de casa o ouvindo falar dela...

Quando era Lua cheia, ele fazia a festa... Gritava me chamando. Pois, daqui de casa, quando a Lua ta cheia, ela nasce atrás de um morro, fica tão linda... Lá perto da praia. É Tão lindo de ver.

E meu pai conta as histórias de sua infância, onde não havia energia elétrica, então, a Lua os guiava nas estradas de terra. A Lua pro meu pai, tem um significado muito grande...

E claro! A Lua pra mim também tem.

Fui crescendo, tornei-me homem, como meu pai e agora quando vejo a Lua ela também tem um significado todo especial, lembro imediatamente da minha infância de aprendiz da Lua, lembro imediatamente do meu Pai (ele ainda está aqui ao meu lado, e ainda conta os causos da Lua), lembro de tudo.

Virei um admirador dela. Esses dias enquanto ia à faculdade, passava na avenida da praia e quem estava lá me dando Boa noite??

Ela!! Toda cheia, toda graciosa, deixando o Mar laranja, cor de fogo, claro! Imediatamente parei e eu não era o único, parei e fiquei ali até ela subir e ficar amarela, sim, porque primeiro ela fica toda laranja quando chega (tímida) depois ela vai criando coragem e vai ficando amarelinha... Vai subindo... Subindo e fica ali! Linda, amarela...

Voltando...

Parei e fiquei admirando, seu tom de fogo iluminando o mar! Pronto. Noite ganha. Nem precisava mais de nada. Cheguei atrasado, mas foi por uma nobre causa...

A Lua me hipnotiza! Quantas vezes tive que parar para vê-la.

Fiquei igual meu pai... Ele tinha toda a razão.

Ah Lua! Na noite nublada meu coração chove.

Volta logo Lua, volta!

7 comentários:

  1. Que lindo, eu também amo a lua!!! Ela tras uma magia e um misterio fascinante!!! Beijos...

    ResponderExcluir
  2. É a primeira vez que venho aqui, gostei muito. Muito lindo sua relação com a lua e como a memória do seu pai está viva na sua própria memória e provavelmente se perpetuará na memória de seu filho, porque há tanto amor e poesia em todas elas... lindo!
    Parabéns!
    Isabella.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo texto.
    Eu também adoro a lua. Falo da beleza da lua para o meu filho desde que ele é pequeno.
    Em outubro, há uma semana especial para admirar a lua comendo docinhos. Os japoneses antigos construíam seus palácios especialmente para poderem admirar a lua. O costume persiste.
    Bom saber que vc tb gosta da lua.
    bj

    ResponderExcluir
  4. Phalador.
    Tb sou apaixonado pela Lua. Acho linda.
    Aqui no Japão tem uma lenda muito bonita sobre a lua, a lenda do Tsukimi.
    Vou tomar a licença de deixar um post que fiz sobre a lenda.
    http://mauj77.blogspot.com/2009/10/linda-lua-cheia.html
    E no post tem um vídeo que fiz com a música "A Lua e Eu", uma das minhas preferidas.
    Abração!

    ResponderExcluir
  5. Que lindoooo!

    Nunca tinha associado o tom alaranjado à timidez, sabia? Interessante que passei por uma situação há uma hora, mais ou menos, em que poderia me considerar cor de laranja...rs. Coincidências da vida...ou não. ;)

    Minha mãe é fã da Lua, diz que ela é minha madrinha. Talvez, por isso, eu goste tanto da noite, do friozinho, do mistério, de tudo que vem com a Lua. Talvez, também, eu me identifique tanto com as suas fases e faces, por me enxergar refletida, nela.

    A Lua, sabendo da tua admiração, se mostrará sempre, tenho certeza : é um elemento feminino, e, como tal, gosta de encantar e sentir-se encantada.

    Creia...ela sempre voltará.

    * Adoro essa, ó :

    ♪ "E nos espaços serenos
    Sem ontem nem amanhã
    Dormir nos braços morenos
    Da lua de Itapuã
    É bom..." ♫

    DQLS

    ** Moço, tu viu a minha bandeira por aí? Agitei tanto que acabei perdendo...rs

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  6. Tem coisa mais romântica que a lua cheia? Quando era menina, no quarto de solteiro do meu marido, no verão a lua se exibia na janela. Dormiamos (e outras coisitas mais) sob a luz da lua, literalmente.
    Bons tempos...

    beijo rouge

    Dani

    ResponderExcluir
  7. Que lindo!
    Amor pela Lua... admiração. Sensibilidade.
    Também ganho a noite em situações como esta... uma sensação de paz invade, né?!
    E bacana esta sintonia e identificação com seu pai!
    Beijos

    ResponderExcluir