sábado, 9 de maio de 2009

Ao Amor.


Não sai hoje não. Fica aqui, ta um tempo estranho lá fora.
Largue esse monte de sacola, deixe tudo do jeito que está pelo menos hoje fique aqui.
Não vou fechar a porta do quarto, quero te ver passando pra lá e pra cá, quero ouvir você falando,cantarolando, posso ser sincero? Quero ouvir você reclamando.
Aproveite hoje, pelo menos hoje, faça o que você mais gosta, se joga aí no sofá! Assista à novela, já chupou sua laranja de depois do almoço? Faça isso, olha que legal essa cena! Não se levante.
Ta tão bonito o “hack” novo, curta ele, olha como a TV ficou bem ali.
Fique aqui perto da gente!..Fica Mãe! Não sai não.


Obrigado Mãe!!

O carinho certo na hora certa, a calma desmedida, a paciência exageradamente eficaz.

Hoje vejo você cuidando da neta, entendo o porquê de tanta coisa. As respostas estão mais claras agora vendo você cuidar, seu cuidado que me fez ser assim como sou. Agora entendo meu jeito.

Não consigo entender como conseguiu! Nos dias de hoje parece mais fácil, mas antes, tanta dificuldade.

Tenho tanta certeza que Mãe é sinônimo de Amor.
Tenho tanta certeza que Mãe é sinônimo de Perfeição.
Tenho tantas certezas agora!

Obrigado mãe, só tenho a agradecer por ser fruto seu!

Um comentário:

  1. Muita observação detalhada e sensível por aqui!

    De onde vc vem? hahaha

    ResponderExcluir